Acampamentos Alucinantes

Atualizado: Fev 14


Temporadas acabando!


Muitas bênçãos, vidas conquistadas pra Jesus, muito trabalho e dedicação, acampantes felizes e cansados, equipe com missão cumprida.


Como está a equipe do Acampamento ao fim da temporada?


Quem está escrevendo este texto é alguém que ama este ministério, mas atualmente não está atuando em acampamentos. Talvez por não estar envolvido em temporadas, fica apenas compartilhando pensamentos. Ainda assim tem mais de 30 anos no ministério de acampamentos (treinamentos e direção de propriedades).


O assunto versa sobre os equipantes. Pode ser um olhar especulativo sobre imagens e conversas com o pessoal deste grupo. Além de equipantes realizados e remunerados na base de acampantes com suas vidas transformadas, este alcance com a Mensagem de Jesus é a motivação que faz os equipantes se dedicarem em cada temporada. A equipe é fundamental no acampamento porque é ela que traz vida para este ministério; todos os recursos usados e existentes são os instrumentos para a equipe trocar vida com os acampantes. Como desde sempre, o ministério de levar Jesus a outros sempre envolveu relacionamentos; Deus escolheu pessoas para compartilhar com pessoas.


Tudo isto é muito lindo e real, mas como está o estado físico e psicológico das equipes ao final da temporada? “Foi uma enorme benção, mas ainda bem que acabou porque não estava aguentando mais!” ...


Caso esta seja uma realidade em seu acampamento, existem basicamente duas razões para sua equipe estar assim:

  1. Em acampamentos cristãos existe uma batalha espiritual, afinal nosso inimigo não se alegra com vidas transformadas e dedicadas a Deus; pode ser isto;

  2. A equipe foi sobrecarregada pq não houve um planejamento para que isto não acontecesse.

Para não sobrecarregar a equipe, existem algumas ferramentas. A primeira é um balanceamento de grau de intensidade das atividades do Programa; a segunda é Eleger uma Atividade Especial por dia e não mais que isto; e a terceira é fazer o Programa crescer em Atratividade e a quarta é, com certeza diz respeito à cultura de acampamentos: Dormir o suficiente à noite, equipantes e acampantes.


Grau de Intensidade das Atividades do Programa diz respeito a quão e quanto

intensas são as atividades. Quando a grade de programação fica pronta, depois de processada com toda a equipe, é necessário fazer uma avaliação do grau de intensidade. Por mais que pareça o ideal, nenhum programa é saudável para equipantes e acampantes se for altamente intenso em todos os momentos. Isto cansa excessivamente os acampantes e sobrecarrega a equipe. Todas as atividades do seu programa devem ser sensacionais, senão porque está lá?; no entanto deve ter equilíbrio de intensidade ao longo de cada dia. Ilusão dos dias de hoje é pensar que só atividades de agito são boas; temos uma grande diversidade de acampantes e mesmo o acampante turbinado sabe aproveitar uma atividade menos intensa desde que seja bem elaborada. Quando os períodos de alimentação são sempre conduzidos com muita agitação, isto pode não ser adequado. Por vezes, os momentos de louvor, podem ser exagerados; isso pode acontecer se todos os momentos de cânticos são conduzidos com gestos demais, não existe nenhum momento de contemplação, tudo é feito em pé e pulando intensamente. Cada atividade feita com bom senso é ótima, independentemente do estilo. Festas rave são mantidas com longa duração e altíssima intensidade e isto só pode ser possível com drogas e alucinógenos.


Eleger uma Atividade Especial por dia indica objetivos no programa e dedicação intensa a algo que é realmente importante. É interessante envolver a equipe na escolha de qual é a Atividade Especial para cada dia. Coloque a Atividade Especial de cada dia no programa antes de qualquer outra coisa; afinal por causa da importância, ela deve ser colocada no melhor horário para ela e com a duração adequada. Encher o dia de Atividades Especiais resulta em muito cansaço para acampantes e equipantes.


Fazer o Programa crescer em Atratividade faz o acampamento acabar com “gosto de quero mais”. O ambiente de comunidade temporária do acampamento também é formado ao longo da programação, portanto atratividade e bom ambiente caminham juntos. Fica esquisito o programa que alterna indistintamente atratividade e interesse dos acampantes. Sem crescer em atratividade é possível encontrar acampantes que percebem que o mais legal já passou e não veem mais sentido nos demais dias do acampamento.


Por fim, o grande desafio para qualquer acampamento, o DORMIR o suficiente durante a noite. Para muitos o acampamento é onde não se dorme e se agita muito. Tenho de reconhecer que como acampante e equipante, sempre dormi muito pouco em acampamentos, mas também posso afirmar e mostrar consequências disto na minha saúde. A lógica é simples, aquele que dorme bem e o suficiente durante a noite reúne as condições para aproveitar um bom dia de programação durante o dia. A bagunça durante a noite gera objetivos imprevisíveis e o descansar o necessário permite alcançar os objetivos pensados para a programação. É claro, se a programação for xarope e insossa, os acampantes vão querer bagunçar à noite. Algo muito comum também é a equipe colocar os acampantes pra dormir, mas os equipantes ficarem acordados; é a famosa hora da cantina (ou barzinho) para a equipe. Erro de visão e mal exemplo; ou alguém acha que os acampantes não percebem que fizeram um agito depois do horário de dormir.


Bem, você tem todo direito de pensar que essas são ideias obtusas de um velhinho em acampamentos e que destoam da realidade. É importante frisar que as sugestões acima são apenas para ajudar na melhoria dos ministérios e calcado em muita experiência e estudos. Fique tranquilo, não são verdades absolutas. O objetivo aqui é despertar assuntos e discutir implementações, se forem adequadas.


Avaliar coisas por redes sociais ou apenas conversando e não fazendo junto tem suas imprecisões, por isso, só considere estes comentários se servirem pra você. Uma boa Equipe, mas esgotada e sobrecarregada vai dificultar a cativação de equipantes nas próximas temporadas. Faz parte da responsabilidade do acampamento, retornar acampantes em bom estado para as famílias, sem “Síndrome de segunda-feira”. Esta Síndrome diz respeito àquele participante que volta excessivamente cansado para casa, que passa a segunda-feira dormindo, extremamente irritadiço e assim comprometendo os Frutos gerados no acampamento. Qual a nossa motivação no Programa? Atratividade e adequação ou Agite antes de usar?

Paulo Souza


48 visualizações
ABRAC PNG Transp.png

Equipando Líderes, Atingindo Vidas!

  • Instagram
  • YouTube
  • Facebook

© 2019 cerrado.tiago